sábado, 10 de junho de 2017

Uma poesia transformada em música..

Motivo

Eu canto porque o instante existe
e a minha vida está completa.
Não sou alegre nem sou triste:
sou poeta.

Irmão das coisas fugidias,
não sinto gozo nem tormento.
Atravesso noites e dias
no vento.

Se desmorono ou se edifico,
se permaneço ou me desfaço,
— não sei, não sei. Não sei se fico
ou passo.

Sei que canto. E a canção é tudo.
Tem sangue eterno a asa ritmada.
E um dia sei que estarei mudo:
— mais nada.
Cecília Meireles
https://www.pensador.com/cecilia_meireles_poemas/
Cantada pelo cearense, Fagner.
Feliz dia, gente querida!


 

Um comentário:

  1. Linda poesia e ficou espetacular na voz de Fagner
    E sempre teremos motivos para cantar e poetar
    Beijos e bom domingo

    ResponderExcluir

Olá!!!

Você aqui? Que maravilha!

Deus te abençoe com chuuuuuuvas de bênçãos, mas se for pouco...então eu desejo um toró,viu?

Abraços fraternos