quinta-feira, 22 de novembro de 2012

Gotas de óleo


Num quarto modesto, o doente grave pedia silêncio. Mas a velha porta rangia nas dobradiças cada vez que alguém a abria ou fechava. O momento solicitava quietude, mas não era oportuno para a reparação adequada.


Com a passagem do médico, a porta rangia; nas idas e vindas do enfermeiro, no trânsito dos familiares e amigos, eis a porta a chiar estridente. Aquela circunstância trazia,  ao enfermeiro e a todos que lhe prestavam assistência e carinho, verdadeira guerra de nervos.
Contudo, depois de várias horas de incômodo, chegou um vizinho e colocou algumas gotas de óleo lubrificante
na antiga engrenagem e a porta silenciou tranquila e obediente.


A lição é singela, mas muito expressiva. Em muitas ocasiões há tumulto dentro de nossos lares, no ambiente de trabalho, numa reunião qualquer. São as dobradiças das relações fazendo barulho inconveniente. São problemas complexos, conflitos, inquietações, abalos... Entretanto, na maioria dos casos, nós podemos apresentar a cooperação definitiva para a extinção das discórdias. Basta que nos lembremos do recurso infalível de algumas gotas de compreensão e a situação muda.
* Algumas gotas de perdão acabam de imediato com o chiado das discussões mais calorosas.


* Gotas de paciência no momento oportuno podem evitar grandes dissabores.


* Poucas gotas de carinho, penetram as barreiras mais sólidas e produzem efeitos duradouros.


* Algumas gotas de solidariedade e fraternidade podem conter uma guerra de muitos anos.


* É com algumas gotas de amor que as mães dedicadas abrem as portas mais emperradas dos corações confiados à sua guarda.


* São as gotas do puro afeto que penetram e dulcificam as almas ressecadas de esposas e maridos, ajudando na manutenção da convivência duradoura.


* Nas relações de amizade, por vezes, algumas gotas de afeição são suficientes para lubrificar as engrenagens e evitar os ruídos estridentes da discórdia e da intolerância.
Dessa forma, quando você perceber que as dobradiças das relações estão fazendo barulho inconveniente, não espere que o vizinho venha solucionar o problema. Lembre-se que você poderá silenciar qualquer discórdia, lançando mão do óleo lubrificante do amor, útil em qualquer circunstância, e sem contraindicação.


Não é preciso grandes virtudes para lograr êxito nessa empreitada. Basta agir com sabedoria e bom senso. Às vezes são necessárias apenas algumas gotas de silêncio para conter o ruído desagradável de uma discussão infeliz.


E se você é daqueles que pensa que os pequenos gestos nada significam, lembre-se de que as grandes montanhas são constituídas de pequenos grãos de areia. A.d


Pense nisso!

7 comentários:

  1. E uso frequentemente a gota do silêncio e ela me ajuda bastante evitar conflitos. São atitudes pequenas como essas que evitam imensas barreiras não é verdade flor? :D

    Fica com Deus! :*

    ResponderExcluir
  2. Oi Ivaneide!
    Que lindo texto!
    Pequenos gestos são os feitos com o coração.
    As vezes minguem vê, são os mais sinceros...
    É o que acho.
    bjs, ótima noite!!!

    ResponderExcluir
  3. Olá Ivaneide!
    Que bom receber sua visita em meu cantinho!
    Parabéns pelo blog, é um lugar gostoso de ficar, amei o texto , são gestos feitos com a alma que valem a pena.
    Parabéns amiga, estou te seguindo!

    Mil beijos!

    ResponderExcluir
  4. CONVITE: Rádio Internacional Jesus é o Caminho

    Visite nossa rádio acessando: http://radioiijc.com/

    Fico muito grato, se quiser adicioná-lo no seu blog, fique a vontade. Está autorizado.

    Abraços e fica com DEUS.

    ResponderExcluir
  5. Bom dia Ivaniede
    Inspirador o post de hoje
    Beijos

    http://inspiresenoamor.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. oiiiii estou te seguindoo, me segue também

    http://borboletadoverao.blogspot.com.br/

    beijosss

    ResponderExcluir
  7. Oi, obrigada pela visita!!! Já estou te seguindo. É tão bom encontrar um lugarzinho como esse... Cheio de luz! Um abraço.

    ResponderExcluir

Olá!!!

Você aqui? Que maravilha!

Deus te abençoe com chuuuuuuvas de bênçãos, mas se for pouco...então eu desejo um toró,viu?

Abraços fraternos